IV Semana de História – Repasse da reunião da comissão organizadora (26/09)

Guarulhos, 26 de setembro de 2012

Reunião da comissão organizadora da IV Semana de História da Unifesp
O SABER E A CONSCIÊNCIA HISTÓRICA:
TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS
  • Repasse da reunião anterior;
  • Sugestão de alguns nomes para as mesas que ocorrerão durante a semana;
  • Formato do simpósio temático;
  • Organização interna da comissão organizadora;
1 – Programação / Mesas

a) Segunda feira – “Ensino, pesquisa e extensão”:

Empreende-se desenvolver uma discussão sobre a atuação da História no formato acadêmico em que vivemos hoje, de forma transversal entre o ensino, a pesquisa e a extensão, buscando superar a separação e fragmentação recorrentes. Além de discutir as potencialidades e limites dessa atuação.

Sugestão de convidados:

●       Prof. Cléber Viera e Daniel Revah (ambos da Pedagogia – ensino/pesquisa);

●       Prof. Odair (Unifesp);

●       Prof. Antônio (Unifesp).

b) Quarta feira – “Tendências historiográficas”:

A História – tanto as leituras das trajetórias humanas no tempo, quanto o método de fazer tais interpretações – estão em constante reflexão e sob influência da época de sua produção. Deste modo, é essencial pensar as novas possibilidades e novos elementos na produção histórica.

Elementos estes, muitas vezes influenciados por necessidades ou mesmo demandas sociais. É importante discutir quanto há de dialogo entre o conhecimento produzido dentro da academia e as demandas sociais e passar a questionar se, de fato é esse o papel da História e se ele vem sendo cumprido de maneira satisfatória. Além de questionar e buscar refletir sobre as tendências da Historiografia.

Sugestão de convidados:

●       Prof. Marcos Napolitano (USP);

●       Prof. Luis Antonio Coelho Ferla (UNIFESP);

●       Prof. Janes Jorge (UNIFESP);

●       Profa. Claúdia Plens (UNIFESP);

●       Prof. Odair Paiva Cruz (UNIFESP);

●       Carlos Sebe (USP);

c) Sexta feira – “Oficio da historiadora e do historiador, consciência histórica e função social da História”:

Uma reflexão que dificilmente encontra oposição é a ideia de que para construir um futuro, é fundamental o conhecimento do passado. Compreendendo a História como uma interpretação de fontes que remontam um passado, desde períodos distantes até momentos recentes, a História e suas múltiplas possibilidades torna-se um conhecimento arena de disputas e conflitos.

Diante disso cada historiador(a) tem apresenta um enorme potencial para intervenção na compreensão da História e, portanto, de contribuição na construção do presente e do futuro.Contudo é necessário ir além disso e questionar qual consciência histórica está pautando as interpretações e discutir que tipo de disputa existe dentro da escrita da História.

  • Profa. Emilia Viotti;

  • Prof. Marcelo Badaró Mattos (UFF);

  • Prof. Lauro Ávila

  • Profa. Márcia D’álessio;

  • Profa. Rosângela Leite;

2 – Simpósios Temáticos

Tendo em vista que a estrutura dos Simpósios Temáticos será organizada a partir dos trabalhos enviados, de modo que haja uma relação mais orgânica entre trabalhos e eixos, a definição de temas será posterior ao envio e sistematização dos trabalhos.

 Deste modo, o que se pretende com essa proposta é aceitar a maior diversidade de trabalhos possível, uma vez que a predefinição de eixos temáticos pode desestimular a inscrição de trabalhos que não sejam compreendidos por estas categorias.

Assim, pensamos que a definição de eixos temáticos e consequente alocação de cada trabalho em cada eixo deva respeitar a materialidade das propostas enviadas, tendo com isso maior diversidade de temas e maior amplitude do debate acadêmico.

  • Para os simpósios temáticos, ficou definido que serão aceitas inscrições para apresentações de iniciação científica, monografia, projetos de mestrado, estágio e laboratório.
  • Vamos tentar (com recursos externos, provavelmente) montar um caderno de resumos para entregar aos participantes e público. O caderno deverá conter, além de uma breve apresentação, os resumos dos trabalhos, que deverão conter uma lauda, quatro palavras chaves, nome do orientador e instituição de financiamento (caso tenha).
  • Foi sugerido que dentre convidados para mediar as mesas do simpósio estejam professores, estudantes de mestrado, ou mesmo outros estudantes, resguardando a proximidade do convidado com o tema da mesa.
3 – Comissões
  • Finanças: Celeste, Thaís

  • Comunicação: Amauri, Maurício, Paula

  • Programação: Elson Luiz, Jonathan, Patrícia, Talita

  • Simpósio (organização das mesas): Alexandre, Elson Granzoto, Philippe.

4 – Tarefas

Comissão de Finanças: Correr atrás do financiamento da FAP até sexta-feira da próxima semana.

Comunicação: Fazer página no Facebook, grupo de email, fazer o email de chamada para as apresentações no simpósio (apresentá-lo na próxima reunião para aprovação)

Programação: Definir nomes para as mesas, entrar em contato com os palestrantes de fora o mais rápido possível para tentar conseguir as passagens (áreas/ônibus) caso necessário.

Próxima reunião: terça-feira (02/10)
às 18h na sala 11 (a princípio)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s