Rematrícula: Os efeitos da Greve começam…

Comunicado do Comando de Greve de Guarulhos

Guarulhos, 18 de julho de 2011

Nós, técnicos-administrativos em educação, reivindicamos uma POLÍTICA DE VALORIZAÇÃO dos servidores por parte da instituição que, através de seus instrumentos administrativos, apenas tratam de controlar o servidor. Dentre as medidas de controle, evidencia-se a omissão da categoria nos documentos que regem a universidade, como o Regimento Geral e o Plano de Desenvolvimento Institucional.

A mais recente constatação dessa omissão diz respeito ao processo de rematrícula. A instituição, por meio da “estratégia de gestão” que inclui o atendimento por estagiários sem supervisão, agendou a rematrícula em meio à greve dos servidores, não tendo garantia que pudesse ser levada a efeito sem a participação da categoria. Isto porque, o processo de rematrícula não se encerra na escolha das disciplinas. Os efeitos desta decisão viriam a ser sentidos posteriormente, com o agravante de ter gerado expectativas que não poderiam ser atendidas.

A administração demonstra o equivoco da estratégia adotada ao propor aos servidores a retomada das atividades para efetivar a rematrícula a apenas dois dias da data agendada, processo que envolve pelo menos dois meses de intensas atividades, testes e acompanhamento.

A proposta foi analisada em assembleia e considerada mais uma iniciativa que desrespeita o trabalho técnico-administrativo e demonstra que os efeitos da greve tornam-se evidentes.

Soma-se a isso o fato que, apenas aos 24 dias de greve na UNIFESP, a administração concordou em abrir comunicação com os comandos locais, já que acreditava que pudesse contornar o problema da rematrícula.

Reafirmamos que estamos dispostos a discussão e a contribuirmos com a instituição para que os trabalhos sejam executados primando sempre pela qualidade dos serviços prestados. E é pela busca da qualidade e valorização de nosso trabalho que NOS MANTEREMOS EM GREVE O TEMPO QUE FOR NECESSÁRIO.

O cenário atual mostra que se não houver, por parte da administração, uma postura que demonstre disposição para a valorização da categoria, o semestre letivo poderá ser comprometido.

Comando de greve da
EFLCH – Campus Guarulhos
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s