Revoluções no TUCA – Terça




Lançamento do livro Revoluções,
de Michael Löwy
Exibição do filme Utopia e Barbárie, de Silvio Tendler, às 18h30
Debate entre Löwy e Tendler às 20h30

Revoluções no Tuca
Dia: 26/10/2010 | terça-feira
Local: Teatro Tuca | PUC-SP
Rua Monte Alegre, 1.024 | Perdizes | São Paulo

Título: Revoluções
Autor: Michael Löwy
Tradutor: Yuri Martins Fontes
Páginas: 552
ISBN: 978-85-7559-147-5


Em um esforço inédito de compilação, Revoluções reúne os principais registros fotográficos dos processos revolucionários do final do século XIX até a segunda metade do século XX. O livro convida o leitor a percorrer a diversificada experiência das lutas populares por meio de imagens raras, como as fotografias da Comuna de Paris, e clássicas, como as de Lenin e Trotski na Rússia. Para Michael Löwy, organizador da obra, “as fotos de revoluções revelam ao olhar atento do observador uma qualidade mágica, ou profética, que as torna sempre atuais, sempre subversivas. Elas nos falam ao mesmo tempo do passado e de um futuro possível”.

Além da documentação iconográfica, os acontecimentos históricos são narrados por intelectuais como Gilbert Achcar, Rebecca Houzel, Enzo Traverso, Bernard Oudin, Pierre Rousset, Jeanette Habel e o próprio Löwy. São ensaios ágeis que, a partir de registros fotográficos, retratam a Comuna de Paris, as revoluções Mexicana (1910-1920), Russas (1905 e 1917), Alemã (1918-1919), Húngara (1919), Chinesas (1911 e 1949), Cubana (1953-1967) e a Guerra Civil Espanhola (1936).

A obra resgata, assim, a trajetória daqueles que viveram movimentos contra hegemônicos e de inspiração igualitária, aliando rostos de anônimos que protagonizaram as lutas de classe a registros de dirigentes eternizados pela história, como Vladimir Lenin, Felix Dzerjinski, Leon Trotski, Béla Kun, Emiliano Zapata, Pancho Villa, Che Guevara e Fidel Castro.


Título: Utopia e barbárie
Gênero: Documentário
Duração: 120 minutos
Direção e roteiro: Silvio Tendler
Narrado por: Amir Haddad, Chico Diaz e Letícia Spiller

Um dos documentaristas mais respeitados do país e dos que mais se dedicam à política, Sílvio Tendler lançou-se, há 19 anos, num ambicioso balanço dos sonhos e decepções de sua geração – aquela que nasceu logo depois da Segunda Guerra Mundial.

O resultado está em Utopia e barbárie. O filme fala da geração que viveu as revoluções de esquerda e da contracultura, as guerras de independência na África e na Ásia, a guerra do Vietnã, as ditaduras latino-americanas, a queda do muro de Berlim e a disseminação da globalização e do neoliberalismo, funcionando como um “pensamento único”.

Boitempo Editorial

+ 55 11 3875 7285
+ 55 11 3872 6869
www.boitempoeditorial.com.br
Blog – http://boitempoeditorial.wordpress.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s