Benício del Toro visita escola do MST

Da construção da memória de luta dos trabalhadores do campo.

Por Maria Mello
Da Página do MST

“O MST traz oportunidade e esperança ao ser humano. Oportunidade de educação, de mudança. Tem os mesmos princípios que defendia Che Guevara, é portanto um movimento guevarista”.

A comparação é do responsável pela interpretação mais conhecida de Che no cinema, o ator porto-riquenho Benício Del Toro. Em visita à Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), em Guararema, nesta quarta-feira (15/9), Del Toro conheceu a experiência do espaço, voltado ao fortalecimento dos processos de estudo, articulação e intercâmbio entre organizações da classe trabalhadora do campo e da cidade.

Depois de visitar as instalações da Escola, o ator – que está no Brasil nesta semana – participou de um debate com o jornalista e escritor brasileiro Fernando Morais (autor dos livros Olga e Chatô, entre outros), a atriz Priscila Camargo, do Movimento Humanos Direitos (MHuD), e militantes de movimentos sociais do Brasil e da América Latina. “O sonho de Che está vivo aqui”, comentou.

Ao final da visita, usando o boné do MST, Del Toro ajudou a plantar um jambeiro na área externa na Escola.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s